LOADING

A CULTURA DE SUA EMPRESA É MAIS IMPORTANTE QUE QUALQUER COISA

A CULTURA DE SUA EMPRESA É MAIS IMPORTANTE QUE QUALQUER COISA

Nada pode ser mais prejudicial do que contratar uma pessoa que vai contra os valores, crenças e princípios da sua empresa.

Um grande erro nas contratações é deixar que a competência e experiência de um funcionário se sobressaia perante a cultura empresarial. Essa ação pode conduzir a sua organização a um processo lento, sutil e quase que imperceptível aos olhos dos gestores, gerando desastrosos efeitos sobre a moral, produtividade e finalmente, o fim da relação com seus clientes.

A prioridade de sua empresa deve ser em construir uma cultura sólida e seus esforços devem ser constantes no envolvimento de seus funcionários, em sua adaptabilidade e coerência entre os objetivos de carreira dos colaboradores com os valores e missão da nave mãe.

Um dos livros mais influentes sobre o assunto é o Tribal Leadership, onde os autores demonstram como a cultura da empresa está acima de qualquer coisa, mesmo até da ideia em que “cliente vem em primeiro lugar”. Segundos o livro, existe cinco estágios de liderança e cultura, e uma vez alcançado o quinto estágio a empresa cria um ambiente de “no fear” que inspira a inovação e máxima produtividade.

“Os líderes tribais concentram seus esforços na construção da Tribo – ou mais precisamente, na atualização da cultural tribal. Se forem bem sucedidos, a Tribo irá reconhece-lós como os líderes, dando-lhes o máximo de seu trabalho, gerando lealdade e percorrerão um caminho de sucesso. Empresas dirigidas por líderes tribais definem o padrão de desempenho de seus mercados, desde a produtividade e rentabilidade até a retenção de talentos. Eles são imãs de talento…”.

O FAMOSO “CHOQUE CULTURAL”

Os autores David Logan, John King e Halee Fischer-Wright discorrem sobre os efeitos de uma cultura positiva com as contratações certas, incluindo:

  • O medo e o estresse diminuem assim como o “atrito interpessoal” de trabalhar em equipe;
  • A aprendizagem organizacional torna-se algo natural com os integrantes da tribo ensinando ativamente a chegada dos mais recentes sobre os últimos pensamentos e práticas da cultura;
  • A saúde dos colaboradores melhoram e a taxa de absenteísmo decrescem,
  • E o mais impressionante…as pessoas afirmam se sentirem mais vivas e ter mais diversão no ambiente de trabalho.
Um ótimo exemplo sobre a importância da cultural empresarial vem da empresa Zappos.
A empresa investe bilhões de dólares em um modelo de cultura tribal e muitas pessoas conhecem a empresa pela venda de sapatos. Mas internamente, eles pensem de um jeito diferente.
Segundo o CEO da Zappos, Tony Hsieh, ele deseja que a empresa seja lembrada pelos seus clientes como “o melhor atendimento e experiência que o cliente pode ter”. Isso somente será possível porque a cultura da empresa está impregnada em todos os colaboradores e que permite até que eles trabalhem outros nichos de mercado como o da aviação.
A chave é entender que não importa o quanto um colaborador está alcançando metas dentro de uma empresa, e sim o que importa é o quanto ele está engajado com a cultura e se ele afeta negativamente a organização pois se isso acontece pode ter certeza que também está afetando a relação com seus clientes e toda sua estrutura.

Com vocês, um dos caras que mais entendem sobre cultura.

Deixe seu comentário
Compartilhar
Newsletter-Image

Assine a nossa Newsletter

Inscritos recebem conteúdo exclusivo

Artigos Relacionados