5 Conselhos para Inbound Marketing

1 Flares Twitter 0 Facebook 0 Email -- LinkedIn 1 Google+ 0 1 Flares ×
Reading Time: 3 minutes

Você já se convenceu de que o Inbound Marketing pode ser a salvação da sua lavoura, certo? No entanto, é preciso ter pé no chão, uma pitada de persistência e um ótimo conhecimento nessa metodologia para que a sua safra seja realmente proveitosa.

É importante ter em mente os resultados do Inbound Marketing após um ano de implementação. E é sobre isso de que falaremos nesse post! Obviamente, que a adoção dessa metodologia passa por definir metas concretas (ou seja, nada de ser sonhadoras, impossíveis), por potencializar hábitos saudáveis e mensurar todo e qualquer avanço – mesmo por menor que ele possa parecer. Tipo aquela sacada: um pequeno passo para um homem, mas um grande passo para a humanidade sua empresa!

Listamos por aqui os 5 conselhos para você levar a sério no primeiro ano de implementação de Inbound Marketing:

#1 Aprendizado e mais aprendizado

A capacitação de cada integrante do seu time é uma das primeiras atitudes ao adotar essa metodologia. Todos, sem esquecer de ninguém (designer, a galera do content, social media, UX, gerente de projetos…) precisam estar alinhados nessa nova estratégia. Isso faz com que cada um deles acompanhe tendências e atualizações em cada uma das áreas, o que ocorre com velocidade e pode garantir que você encurte caminhos para chegar ao resultado.

raio-x-marketing-digital

Deve ser considerado também o aprendizado de um software de automação de marketing. Aqui na JAB Consultoria, por exemplo, a gente utiliza a plataforma RD STATION.

Esse aprendizado, tanto da ferramenta quanto da metodologia em si, nem sempre é contabilizado como um ganho. Lembre-se que essa conquista envolve melhorias em indicadores de produtividade e otimização de recursos, a partir desse alinhamento entre todos os integrantes do time.

#2 Buscar sinergia entre a galera de conteúdo e o time de vendas

Sabe aquele desafio da equipe de marketing falar alho e a do comercial entender bugalhos (e vice-versa)? Pois bem, ao implementar o Inbound Marketing pode diminuir os gaps, alinhando discursos e necessidades, a partir do comportamento dos buyer-personas (ou seja, para quem você focaliza sua produção de conteúdo e relacionamento, visando à conversão).

Esse processo se torna cada vez mais natural, pelo estabelecimento de reuniões regulares, com foco comuns aos times envolvidos. O que garante maior otimização para realizar ajustes necessários nas táticas estabelecidas!

#3 Estruturar equipe afiada (e pronta aos desafios)

Esqueça aquele discurso: “o meu sobrinho/ filho/ papagaio sabe fazer um site… ele deve saber fazer isso também”. Não. Definitivamente, a implantação do Inbound Marketing não é uma tarefa para ser delegada a um único estagiário, que vai semanalmente entregando resultados como em um passe de mágica. Em uma situação como essa, você tem três possibilidades, olha aí:

– Montar seu próprio time
: ou seja, recrutar equipe para executar a estratégia focada no seu negócio

– Contratar freelas: recorrer a profissionais de mercado para atender a demandas aqui e ali

– Terceirizar com uma empresa fera: contar com apoio de um time especializado, tipo o da JAB Consultoria

Em qualquer uma das possibilidades, é bom que se diga, será necessário seu acompanhamento, para que as estratégias estão caminhando na direção do desejado pelo seu negócio!

inbound-marketing

#4 Não espere ter toda estrutura do mundo

“Quando eu tiver o site/ a plataforma CRM… eu começo o Inbound…” É muito comum muita gente esperar a estrutura ideal para iniciar o trabalho com essa metodologia. O que mais importa, na verdade, é construir aos poucos uma infraestrutura escalável, ou seja, implementar pequenas mudanças, que trarão mínimos resultados. Esses ajustes (por menores que sejam), quando implantados corretamente, servirão a longo prazo. Conforme essas conquistas vão chegando, você ganhará mais fôlego e experiência para priorizar escolhas quanto ao que se deve investir (ou priorizar).

#5 “Continue a nadar, continue a nadar…”

Quem já vivenciou a experiência de implementar a metodologia Inbound Marketing em seu negócio é unânime nesse ponto: é preciso ter paciência e disposição para conquistar os resultados almejados.

É mais ou menos aquilo que falamos num post por aqui no blog, sobre como gerar leads. Não tem milagre! Tem suor, trabalho e muito empenho para conseguir enxergar os resultados mensuráveis. Nada de pressa, nem ansiedade.

Por isso, é fundamental que se planeje as coisas muito bem, olhando regularmente às metas (e se as ações estão caminhando na direção de atingi-las).

Outra recomendação valiosa é estabelecer metas reais para o primeiro ano, considerando todos os fatores que falamos acima (tempo de aprendizado, otimização do time, etc). Desdobre essa meta para um planejamento trimestral, deixando claros os objetivos e expectativas sobre cada integrante do seu time, de modo garantir engajamento e alinhamento entre todos.

Não perca do horizonte também as metas de longo prazo, aquelas que traduzem a visão do seu negócio! Isso o faz ser mais assertivo nas escolhas de hoje que irão refletir na sua empresa amanhã. Para concluir, quero deixar essa frase

Thomas Edison, que curto bastante:

“O sucesso é formado de 99% de transpiração e 1% de inspiração”. Com o Inbound Marketing não é diferente!

 

Related Post

1 Flares Twitter 0 Facebook 0 Email -- LinkedIn 1 Google+ 0 1 Flares ×
1 Flares Twitter 0 Facebook 0 Email -- LinkedIn 1 Google+ 0 1 Flares ×