5 erros que todo viajante corporativo comete

4 Flares Twitter 1 Facebook 0 Email -- LinkedIn 3 Google+ 0 4 Flares ×
Reading Time: 2 minutes

Se você é um viajante corporativo, saiba se você está deixando dinheiro na mesa quando viaja a trabalho

Existem muitas despesas ocultas associadas com viagens a negócios e se você não for um passageiro atento, vai pagar a mais, seja pela empresa ou do próprio bolso. Mas felizmente, também existem alguns truques simples que farão você economizar tempo e dinheiro. Nós, da Jab Consultoria, elencamos alguns dos erros mais comuns que o viajante corporativo comete. Veja quais são eles.

Deixar o relatório de despesas de viagens para última hora

Não confie na sua memória, ao menos que você seja parente do Dominic O’Brien. Esperar para fazer os relatórios de despesas de viagens para última hora é um erro. Você facilmente pode esquecer o recibo do táxi ou perder o recibo da refeição e com certeza, vai pagar a conta do seu próprio bolso. Para facilitar a sua vida, use o Reserve Expanse Manager para tirar fotos dos recibos ao longo da sua viagem a negócios. Ao final, ele leva apenas alguns minutos para categorizar os gastos e organizá-los em uma planilha compartilhável.

viajante-corporativo

Seja um aliado da praticidade. Use um aplicativo no seu smartphone para tirar fotos e armazenar seus recibos.

Não exigir o tax free para viagens internacionais

Sua empresa acaba de fechar um contrato com um cliente no exterior e você foi designado para tratar dos assuntos preliminares in loco. Antes mesmo de você anunciar essa boa notícia para toda a sua família, eles provavelmente já terão uma lista de compras para você fazer. O que você talvez não saiba, antes de voltar com a mala cheia de compras, é que a viagem pode pesar menos no bolso. Em alguns países é possível conseguir a devolução de impostos e economizar em mais de 20% no valor do produto.

Esquecer de avisar o banco sobre compras no exterior

Não há nada pior do que passar o cartão de crédito no exterior e ter a transação negada porque você esqueceu de avisar o seu banco sobre a sua viagem internacional. Leva apenas alguns minutos para ligar para o seu banco antes de viajar para autorizar as compras no seu destino.

Não comparar o IOF

Com aumento do IOF, qual a melhor forma de pagar as compras em viagens ao exterior? O viajante corporativo que comprar moeda estrangeira no cartão de débito pré-pago, cheques de viagem (traveller checks) ou realizar saques no exterior vai pagar um valor de IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) quase 16 vezes maior do que antes. Calcule com antecedência e compare os custos dos impostos, conforme o valor que pretende gastar e escolha a melhor opção. Use essa calculadora.

Não alugar um carro no final do dia

Verifique se a sua política de viagens permite a locação de veículos de categorias superiores, caso não seja possível, tente iniciar a diária do carro ao final do dia. A maioria dos veículos convencionais e compactos já foram alugados no final do dia, e você terá mais chances de receber um upgrade e consequentemente economizar para a empresa.

 

4 Flares Twitter 1 Facebook 0 Email -- LinkedIn 3 Google+ 0 4 Flares ×
4 Flares Twitter 1 Facebook 0 Email -- LinkedIn 3 Google+ 0 4 Flares ×