5 dicas para viajantes corporativos

2 Flares Twitter 1 Facebook 0 Email -- LinkedIn 1 Google+ 0 2 Flares ×
Reading Time: 4 minutes

Viajantes corporativos de longa data já estão acostumados com essa vida, mas para quem está começando a viajar a negócios agora a realidade é outra

A vida de viajantes corporativos que estão sempre na estrada pode ser bem maçante, com situações desgastantes como ir direto para uma reunião logo após um voo de 8 horas, ou passar noites solitárias longe da família e entes queridos, não se alimentar bem durante uma viagem e diversos outros fatores que podem fazer uma viagem corporativa bem desgastante. Bom, dito tudo isso e falando sobre o lado ruim das viagens a negócio, saiba que essas viagens podem ser muito divertidas e bem aproveitadas também.

Para você  que está começando agora a viajar a negócios, e para você também que já viaja muito e está ficando cansado, listamos aqui 5 dicas infalíveis para você guardar na manga e usar para sua viagem ser menos estressante e melhor aproveitada.

1. Junte-se a um programa de fidelidade

Se você está viajando a negócios, nada melhor do que colher alguns frutos com o seu trabalho. Faça sua inscrição em algum programa de fidelidade de hotéis e empresas aéreas. Mesmo que seja tentador fazer programas de fidelidade com todos os hotéis e empresas aéreas que você está acostumado a usar, escolha um ou até dois programas que encaixam melhor com suas necessidades e que você tenha preferência. O legal desses programas é conseguir acumular pontos suficientes para ganhar uma passagem aérea de graça, ou alguma melhor acomodação em hotéis, e você não vai conseguir fazer isso se estiver distribuindo todos os seus pontos em diferentes programas, por isso é importante escolher um, ou até dois no máximo.

Lembre-se que mesmo que você viaje poucas vezes ao ano, ainda vale a pena se inscrever em algum programa de fidelidade, eles sempre tem algum benefício que pode deixar a sua viagem mais leve.

2. Peça por algum benefício no hotel

É raro algum atendente oferecer todos os benefícios que o hotel dispõe para os clientes, mas você ficaria surpreso o quão longe você pode chegar apenas perguntando por essas informações. Na hora de pedir por informações seja educado, as recepções de hotéis costumam lidar com gente rude e sem educação entrando e saindo do hotel durante todo o dia, e ser um idiota não vai te levar a lugar nenhum. O mal comportamento pode fazer com que você acabe sem nenhum dos benefícios que o hotel poderia te oferecer, na verdade.

Em segundo lugar,  seja o mais específico que você puder ser ao fazer o seu pedido. No lugar de pedir apenas por um quarto com janela, tente perguntar se existe algum quarto com vista para um lago (vai saber onde você vai estar né!), ou algum quarto de nível superior ao que você está acomodado. Como eu disse, você não imagina aonde pode chegar, é só saber perguntar.

Viajantes corporativos hotel

Você não imagina aonde pode chegar, é só saber perguntar.

3. Crie um itinerário

Alguns viajantes corporativos de longa data ainda andam por aí com impressões, ou confiam nos e-mails para gerenciar seus dados de viagem. Do mesmo jeito que isso pode funcionar, esse definitivamente não é o jeito mais eficiente de se localizar quando você está correndo de um lugar para outro.

Use a ferramenta TripIt para organizar todos os dados da sua viagem e confirmar os locais que você precisa estar sem se perder. Estar no lugar certo e no momento certo é essencial para demonstrar confiança e organização. Com essa ferramenta, além de você conseguir organizar todo itinerário da sua viagem, você ainda consegue gerenciar os seus pontos em programas de fidelidade, conforme a dica número 1.

4. Carregue a sua mala sempre que possível

A menos que você esteja indo a uma viagem corporativa excepcionalmente longa, não há nenhuma razão para verificar se a sua mala está em ordem. Leva- se muito tempo para isso e existe sempre a possibilidade de a empresa aérea perder a sua bagagem. E acredite em mim, não há nada pior do que perder a sua bagagem durante uma viagem.

Sempre que puder leve a sua bagagem com você no voo, mas tome cuidado com as normas da empresa aérea e com o tamanho da sua mala, pois você não quer ser aquela pessoa chata que fica tentando fazer manobras impossíveis para carregar a mala enorme dentro do avião e para tentar colocá-la no compartimento de bagagens. As companhias aéreas já estão tentando acabar com isso, fora que é muito chato e constrangedor fazer isso. Se você ainda não tem uma mala de mão de alta qualidade, talvez essa é a hora de comprar uma.

bagagem viajantes corporativos

Verifique se o tamanho da mala condiz com as regras de bagagem de mão da empresa aérea.

5. Sempre esteja adiantado

Assim como a gestão do tempo é uma habilidade importante dos negócios, também é uma habilidade importante dos viajantes corporativos. Aeroportos, pontos de táxi, trens, ônibus, reuniões, refeições… tudo isso leva mais tempo do que o tempo previsto por você, e por razões óbvias, não temos como prever o andar das coisas e sempre conte com os imprevistos, por isso é importante tentar organizar seu itinerário de viagem com a maior flexibilidade possível.

Chegue ao aeroporto com pelo menos uma hora e meia antes da partida, mesmo que você tenha certeza de que só precise de uma hora. Tente gerenciar seu tempo para chegar com meia hora antes de reuniões, mesmo que estas sejam no mesmo prédio que você está. Faça reservas de jantar um pouco mais tarde do que você gostaria, caso aconteça algum imprevisto ou atrasos.

Em última análise, você é quem melhor sabe organizar e gerenciar a sua programação, mas as viagens a negócios podem ser imprevisíveis, e você não quer que nada te atrapalhe o seu negócio e nem deixar uma má impressão, por isso fique sempre atento à essas dicas e se organize.

Quais outras dicas você daria para um viajante corporativo de primeira viagem? Deixe seu comentário.

Related Post

2 Flares Twitter 1 Facebook 0 Email -- LinkedIn 1 Google+ 0 2 Flares ×
  • Rute Camargo

    Olá Felipi,

    Ótimas dicas. Apesar das viagens serem mais acessíveis, muitos ainda são novatos e se sentem constrangidos em tirar dúvidas, que para nós, são básicas. Recentemente um passageiro perdeu o voo e não se conformava, pois chegou no horário. Porém, ele não sabia que precisava se apresentar no balcão da cia uma hora antes. Pensou ser como andar de ônibus.

    A Gol lançou um projeto muito interessante chamado ‘ganhando asas’, no qual auxilia clientes de primeira viagem e menores desacompanhados durante todo o processo: do check-in ao desembarque. Os passageiros destas categorias recebem um broche para facilitar a identificação.

    As dicas para o viajante corporativo são inúmeras, por isso gostaria de compartilhar mais algumas:

    – Documento de identificação com o mesmo nome impresso no e-tkt;
    -Checar com a sua agência se o destino exige seguro, vistos ou vacinas;
    -Ler com atenção as regras de uso do cartão corporativo;
    -Informações sobre a cultura do local a ser visitado;
    -Proteger as informações confidenciais, como armazenar estes documentos na internet, seja no seu e-mail ou em uma plataforma de arquivos como Dropbox e imprimi-los ao chegar ao local.
    -Evitar filas no embarque, caso tenha marcado seu assento;
    -Marcar conexões rápidas;
    -Informe-se como agir em caso de extravio de bagagem;
    -Estar atentos as práticas sustentáveis.

    E por último e muito importante, sempre consultar o seu agente de viagem para mais e mais dicas.

    Boa viagem e bons negócios.

2 Flares Twitter 1 Facebook 0 Email -- LinkedIn 1 Google+ 0 2 Flares ×