Gestão Empresarial e as 7 Lições de Breaking Bad

6 Flares Twitter 2 Facebook 0 Email -- LinkedIn 4 Google+ 0 6 Flares ×
Reading Time: 2 minutes

A gestão empresarial foi um dos elementos mais importantes para o sucesso dos negócios de Walter White e Jesse Pinkman na série Breaking Bad

Após 5 temporadas, a série Breaking Bad teve seu fim em 2013 e se tornou um dos seriados mais aclamados da história. A trama é centrada na história de um pacato professor de química que descobre que tem câncer e lhe resta pouco tempo de vida. Após ter conhecimento deste fato, ele decide começar um empreendimento com a finalidade de juntar dinheiro para a sua família. As circunstâncias da vida e o acaso fazem com que o personagem principal descubra que pode usar suas habilidades químicas para produzir narcóticos, e assim ele faz uma parceria com um ex-aluno que já tem conhecimentos na área, para se arriscar nesse novo e perigoso projeto.

É claro que a área de atuação escolhida pelos protagonistas da série não deve servir de exemplo para nossos leitores, mas mesmo assim, não podemos negar que a trajetória deles e a maneira com que faziam negócios deixa ensinamentos que podem facilmente ser aplicados na gestão empresarial de uma organização. Apesar do contexto dos fatos, Jesse Pinkman e Walter White eram ótimos empresários, que tinham sempre bem planejado para que direção queriam ir, quem cuidava da produção e quem cuidava da distribuição, e estavam sempre atentos para que seus clientes recebessem o melhor produto possível.

Um dos ensinamentos sobre gestão empresarial que mais se destaca no seriado é sobre a qualidade dos produtos e serviços prestados. Esse foi o principal fator que determinou o sucesso nos negócios dos protagonistas. Eles tinham como objetivo principal oferecer o melhor produto disponível no mercado, e isso fez com que eles tivessem um diferencial e se destacassem perante seus clientes

O empreendimento de Walter White tinha uma rede de contatos e sócios como qualquer outro, e como parte da gestão empresarial ele sempre fazia questão de cumprir com seus acordos. Ele tinha uma linha de produção, assistentes, distribuidores e vendedores, e nunca deixou de pagar pela prestação dos serviços ou de cumprir com um acordo, assim ele alcançou o respeito e a confiança de sua rede de contatos.

Para você que é fascinado com a série, confira esse vídeo que explica que tipo de empreendedor Walter White é:

Uma outra coisa que chama bastante atenção na gestão empresarial do protagonista da série, é que ele soube compreender que não conseguiria manter os negócios sozinho e que as parcerias eram bem vindas. Por isso a participação do Jesse foi tão importante para que eles tenham alcançado o sucesso, cada um tinha especialidade em uma área e juntos eles formavam um bom time, um aprendendo com o outro. Mesmo com as dificuldades no caminho, eles conseguiam ultrapassar os obstáculos e fornecer o seu produto com qualidade.

Deixando de lado a área de atuação dos protagonistas, podemos aprender muitas coisas sobre como administrar um negócio com a série, pois de qualquer maneira eles eram empreendedores e estavam começando um novo projeto. Eles só não tinham noção que seu negócio se tornaria tão próspero e que podiam ir tão longe. Com base nas negociações e na gestão empresarial do seriado, criamos um infográfico com 7 lições que podemos aprender sobre negócios com Breaking Bad.

gestão-empresarial--

 

Related Post

6 Flares Twitter 2 Facebook 0 Email -- LinkedIn 4 Google+ 0 6 Flares ×
6 Flares Twitter 2 Facebook 0 Email -- LinkedIn 4 Google+ 0 6 Flares ×