LOADING

Forma de Pagamento – Agência de Viagens

Forma de Pagamento – Agência de Viagens

por Rute Camargo julho 07, 2014

Se você não está contente com a forma de pagamento da sua agência de viagens, saiba que existem outros métodos além do faturado. Confira.

Se o financeiro da sua empresa não aguenta mais controlar tanta fatura da sua TMC (travel management company), saiba que há no mercado outros meios de pagamento. O ideal é que o gestor de viagens busque outro modalidade e a mais indicada é a implementação de cartão de crédito. No entanto, são tantas opções que você pode ficar confuso na hora de escolher um cartão. De modo geral sua TMC pode orientá-lo mas essa decisão precisa ser tomada em conjunto com seu financeiro e deve se levar em conta a cultura da empresa. Dê preferência ao seu banco de costume para negociar uma taxa administrativa melhor (por adquirir mais um produto com ele) e/ou solicitar um incentivo por uso, caso seu volume seja adequado para pedir algum benefício. Neste infográfico, sintetizamos as principais diferenças entre a forma de pagamento faturado e cartão de crédito. Confira:

Forma de Pagamento

 

 

Ponto de atenção antes da escolha

 

  • Compare as coberturas dos seguros/assistências;
  • Ferramentas para acesso aos relatórios e faturas;
  • Datas de vencimentos;
  • Campos gerenciais disponíveis e customizáveis;
  • Ciclo de fechamento (30 ou 60 dias);
  • Forma de recebimento da fatura (prefiram as eletrônicas);
  • Anuidade;
  • Conciliação;
  • Escolher a bandeira que todas as cias aceitam (ex. a Copa Airlines não aceitava Visa);
  • Layout do arquivo do banco para importação em seu ERP
  • Certifique-se que o help desk e o executivo de contas do produto oferecido dará todo suporte e de forma rápida. A resolução das inconsistências, atraso no envio de fatura, dúvidas depois de implementado são as maiores causas do cliente mudar de produto ou voltar para o faturado. Faça benchmark com outras empresas.

Não se esqueça

  • Montar uma política de uso do cartão;
  • Assegurar-se junto a sua TMC  segurança da informação. Certificar-se de que todos os dados dos cartões são armazenados no servidor à parte no PCI Storage.  E que os dados nunca transitam por e-mail, mas sim de forma criptografada e nem mesmo os consultores tenham acesso aos dados do cartão;
  • Quando o cartão for corporativo para viagens internacionais é imprescindível que o passageiro e o titular do cartão sejam o mesmo para uso do seguro/assistência viagem. 

 

Acredito que o ideal é o uso do cartão corporativo (virtual e faturado só existem no mercado brasileiro). Com o uso do cartão, o financeiro trabalha apenas com uma única fatura de todos os produtos. Porém, só é possível adotar essa modalidade se a empresa possuir um sistema online e ontime de prestação de contas, como por exemplo o Reserve Expanse Manager.

 

E na sua empresa, qual a solução utilizada?

texto-banner-fruto-parceria

Deixe seu comentário
Compartilhar
Newsletter-Image

Assine a nossa Newsletter

Inscritos recebem conteúdo exclusivo

Artigos Relacionados