LOADING

7 Pecados em Redes Sociais

7 Pecados em Redes Sociais

por Lucas Jardim Fevereiro 10, 2016

Redes Sociais são as queridinhas da estratégia de marketing digital. Verifique se a sua empresa comete um destes pecados!

Redes sociais Além de estreitar o relacionamento entre a marca e o consumidor, esses canais têm sido poderosos na conversão — ou seja, para efetivar vendas no ecommerce. É o que diz um estudo da Virtual Target, que relacionou o Facebook e companhia como o segundo canal em taxa de conversão no varejo brasileiro, perdendo apenas para os mecanismos de buscas (aquelas que fazemos no Google, por exemplo).

Mas chegar a esse resultado não é para qualquer marca. Exige esforço e uma (ótima) estratégia para gestão das redes sociais, que esteja bem em sintonia com o seu propósito. Até porque da mesma forma que esses canais podem ajudar a alavancar o seu negócio, tem muita empresa se dando mal por não fazer um trabalho legal. Tanto que em 2015 vimos várias delas enfrentando um problemão nas redes sociais, sendo obrigadas a gerenciar crises. Se você não se lembra, esse link mostra 10 vacilos daqueles que algumas marcas tiveram no ano passado.

raio-x-marketing-digital

Para sua empresa não entrar nessa lista, contamos nesse post os principais erros cometidos nas redes sociais. E o melhor: sugerimos o que pode ser feito. P.S: Não é um manualzão chatão, cheio de regras… Trazemos aqui algumas recomendações tomadas por quem está se dando bem nessa área! Bora lá?

#1 Estratégia: preciso disso?
Não, não é somente aquilo que o seu sobrinho disse: “para estar na rede social, basta só criar uma página…”. Do mesmo modo que você cria uma estratégia para outros canais, é preciso definir objetivos, metas e estratégias para aumentar sua participação no mercado. E isso quer dizer que tão importante quanto implantar, é preciso garantir a manutenção, que incluir pensar quais conteúdos que serão postados com regularidade, responder aos usuários e por aí vai…

DICA
: identifique quem é seu público, como será a interação e de que forma irá mensurar esse sucesso (exemplo: percentual de curtidas versus o engajamento)

#2 Surgiu novidade, tô dentro!
Sua empresa é do tipo que não pode ver uma nova rede social que já coça os dedos para criar um perfil? Cuidado! Existem centenas e centenas de oportunidades, eu sei. Mas antes de sair por aí abrindo contas  para sua marca é preciso entender se o público do seu negócio está naquela rede social.

DICA
: avalie quais as características da rede social que surgiu e se ela tem o perfil do público de interesse da sua empresa.

#3 #AdoroHashtags
Tá na moda: usar hashtags é chic, não é mesmo? Mas não é nada agradável ver linhas e linhas delas para apresentar uma imagem ou mesmo um post pequenininho, que tem uma frase bacana. A finalidade desse mecanismo é fortalecer a marca e possibilitar maior interação numa ação offline ou mesmo para agregar novos seguidores.

DICA
: identifique termos que podemos ser usados nos posts para facilitar a organização do conteúdo. E use somente o essencial (menos é mais, tá ligado?)

#4 Bom dia, boa tarde, boa noite…
Não tem coisa mais chata que seguir página que fica postando um milhão de imagens ou mesmo frases por dia? Tem muita empresa perdendo seguidor pelo simples fato de encher a timeline do usuário com informações demais. Atualizar os canais não significa encher seu internauta de notificações.

redes-sociais

DICA: não é a frequência com que você atualiza e, sim, o momento certo. Do mesmo modo que os canais offline têm horário nobre, opções de maior audiência, assim funciona com as redes sociais (tem sempre um dia e horários certos para você caprichar e ter oportunidade de chegar mais longe).

#5 Não me venha falar mal de mim
Outro erro comum em rede social é ocultar reclamações ou críticas feitas na página. Lógico que ninguém gosta de ver um cliente super chateado, escrevendo o maior textão, falando mal do seu negócio. Se isso ocorrer, não delete o conteúdo (em nada isso vai resolver o problema). É como jogar a sujeira para debaixo do tapete! Em uma situação como essa, peça desculpas pelo ocorrido, esclareça seu cliente sobre quais passos serão tomados para resolver (e tenha compromisso para cumprir isso).

DICA: você pode estruturar um manual com orientações sobre dúvidas mais comuns dos seus consumidores, para que você possa orientar os procedimentos a serem adotados. Mas muito cuidado: seja humano na hora de responder seu cliente, nada de copiar e colar respostas prontas, que mais parecem um robô falando #ficadica

#6 Compre meu produto, sou o melhor…
Outra prática condenável na gestão de redes sociais é a propaganda, a venda pela venda. Esses canais têm se consolidado como meio de estreitar o diálogo, mostrar um lado humano da marca, e não para ficar reproduzindo anúncios e mais anúncios, como um folheto de supermercado. Lembre-se de que a estratégia de atualização deve seguir o propósito de sua marca. Por exemplo: se você for uma agência de viagens, que tal trazer posts sobre como programar viagens e outros assuntos afins?

DICA: torne sua página leve, agradável, de modo que seus clientes possam aprender com conteúdos compartilhados. Ninguém gosta de ficar recebendo oferta o tempo todo.

#7 Meus curtidores são meus para sempre
Sabe aquela máxima de quero um milhão de curtidores para chegar ao mundo? Pois bem: ela é consequência de um trabalho bem feito de gestão de redes sociais. Uma falha bem comum é achar quem um curtidor será para sempre seguidor de sua marca. E não é por aí! Por isso, esse canal deve ser utilizado como estratégia para atrair visitas ao site da sua empresa e, principalmente, converter (seja no registro de e-mail ou alguma venda específica).

DICA: pense no passo-a-passo que sua marca deseja para o seu cliente! Crie uma estratégia de modo que as postagens o levem para uma próxima etapa, convertendo em vendas ou gerando leads. Sem isso, haverá muito esforço para pouco resultado!

E aí, sua empresa está cometendo alguns dos pecados capitais nas redes sociais?

 

 

Deixe seu comentário
Compartilhar
Newsletter-Image

Assine a nossa Newsletter

Inscritos recebem conteúdo exclusivo

Artigos Relacionados